Mantenha seu desejo sexual em altura

A libido é uma planta delicada, muito suscetível às condições que nos rodeiam e à passagem do tempo. Felizmente, se soubermos “nutri-lo”, garantiremos prazeres sexuais em todas as idades

O desejo sexual é um tempero de amor que muda de acordo com o humor, as condições de vida, a idade … À medida que amadurecemos, ele pode estar adormecido e infundido, e é preciso fazer algo para mantê-lo acordado. Vamos ver como podemos manter a chama, por idade e sexo.

ela

Da menarca ao dia 20

Medos e decepções

O desejo sexual ainda é imaturo, você não tem plena consciência do seu corpo e da sua sexualidade. Sua libido ainda precisa enfrentar os tabus relacionados à educação, mas também os medos da gravidez e a completa satisfação do prazer. O primeiro sexo pode não atender às suas expectativas.

• Não se apresse

Conheça seu corpo e aprenda a reconhecer seus sinais. Não hesite em tocar, acariciar e responder à sensação de excitação que pode ocorrer ao ler um livro ou assistir a um filme. Se você tem um parceiro fixo, estabeleça uma relação de confiança: desejo sexual é um sentimento espontâneo que não sofre limitações. Dê a ele tempo para se desenvolver.

De 20 a 30

• desejo sexual desenfreado

Seu desejo cresce aparente. Você libera gradualmente o nervosismo e o medo que estavam presentes na puberdade. Além disso, os hormônios sexuais se estabilizaram: os estrógenos (e também os hormônios androgênicos) que regulam o desejo sexual não são mais voláteis e a atividade sexual é cada vez mais satisfatória.

• Dê espaço à imaginação

Torne-se consciente de seus desejos. Aprenda a contar a seu parceiro seus desejos, sem medo de que você seja incompreendido ou pareça “estranho” para ele: no amor, se os dois querem, não há nada errado. Experimente novos canais ou tome a iniciativa. Entregue-se a fantasias sexuais: a libido não se refere apenas aos órgãos sexuais, mas também (principalmente) pensamentos.

De 30 a 50

• muita previsibilidade

Seu desejo sexual está atingindo a plena maturidade, mas o tempo deixou uma marca. Especialmente se você está compartilhando uma cama com seu parceiro há anos e seu sexo se tornou previsível e limitado a certos momentos: por exemplo, tardes de sábado, quando as crianças não estão em casa. Para dar um novo impulso à sua vida sexual, ligue a imaginação e brinque.

• fazer alterações

Ocasionalmente, faça amor em um lugar diferente do habitual, mesmo no chão. Surpreenda seu parceiro com explosões de paixão, como elevador, cinema, etc. Descubra a magia da massagem: o contato tátil estimula o desejo sexual e tente diferentes abordagens ao sexo.

A partir dos 50 anos

• jovens amantes

O desejo sexual é enfraquecido pelas flutuações hormonais típicas da menopausa e pela queda repentina do estrogênio da menopausa. Entre outras coisas, leva a uma diminuição da secreção vaginal que pode tornar a relação sexual desconfortável e até dolorosa. Tenha cuidado com a medicação: alguns medicamentos (antidepressivos e alguns medicamentos para o coração) podem diminuir sua libido.

• Sirva-se

Cuide mais de si e de sua aparência para se sentir mais bonita e desejável. Se as alterações na menopausa e na menopausa tiverem um efeito negativo em sua vida sexual, procure um conselho de um ginecologista: terapia hormonal ou cremes à base de estrogênio podem ajudar.

Em

De 15 a 20

Inexperiência

O desejo sexual está no auge. Isto é devido à testosterona, um hormônio que controla a libido, e nessa idade atinge uma concentração maior do que em qualquer outra idade de um homem. Mas, devido à falta de experiência, o ato sexual não está na mesma altura.

• Conhecer a si mesmo

Os rapazes precisam conhecer seu próprio corpo, principalmente pela complacência. Eles devem ser abordados livremente, sem se sentirem culpados e com medo de serem descobertos. Será a melhor maneira de se preparar para o ato sexual completo e desfrutá-lo sem ônus.

De 20 a 40

• Pressa

O desejo é intenso, mas muitas vezes limitado pelo fato de que, nessa idade, o tempo de amor por um homem é acelerado. A ejaculação precoce afeta cerca de 40% dos homens nessa idade – se eles não lidarem com o problema e o resolverem, isso levará a uma diminuição do desejo sexual. Os homens experimentam a ejaculação precoce como uma incapacidade de satisfazer um parceiro, mas também como um indicador de masculinidade insuficiente.

• Faça a mulher definir o ritmo

Juntos, os parceiros devem descobrir posições que aumentem o tempo para atingir o orgasmo. No entanto, se eles próprios não puderem resolver o problema, deve-se procurar ajuda profissional para determinar se existe uma causa específica e encontrar uma solução adequada.

De 40 a 60 anos

• inimigos hormonais

Lento e discreto, mas a libido começa a declinar. A testosterona é produzida em quantidades menores, por isso acontece que um homem fica aquém da cama. Muitas vezes, isso se deve ao fato de os homens daquela idade, na luta pela afirmação profissional e social, se tornarem vítimas de estresse que mata o desejo sexual.

• Reduza a tensão

Se um homem experimenta tragicamente um “fracasso” na cama, isso pode levar a um medo duradouro de impotência sexual, que mata o desejo sexual. Em vez disso, você deve trabalhar consigo mesmo: converse abertamente com seu parceiro sobre o problema, tente relaxar, pratique atividades físicas regularmente. E, o mais importante, não deve interromper as relações sexuais: não se trata de obter um orgasmo.

Veja mais artigos como esse em nosso site: https://www.nycomed.com.br/libid-man-caps

A partir dos 60 anos

• falta de poder

Força e poder são fracos e acontece mais frequentemente que um homem não tem vontade de fazer amor. Além disso, o tempo de fazer amor muda: a ereção é mais lenta, o coito é mais longo, o desejo é mais fraco.

• Consultar preliminares

Os homens devem se concentrar mais nas preliminares e se entregar à sensualidade que nem sempre se traduz em relações sexuais completas. Mas se o seu desejo sexual desaparecer completamente, você deve procurar um médico: também há terapia hormonal para os homens fortalecerem o desejo sexual. Além disso, cigarros e álcool devem ser descartados porque também reduzem a libido.

Leave a Reply